Follow by Email

terça-feira, 14 de setembro de 2010

O que é ser Gente

Nessa linda manhã de outono
Quando as folhas rolam no chão
Esqueça o mundo que te condiciona
E ouça a voz do seu coração!

Deixe entrar o amor profundo
O amor da mãe natureza!
E não se esqueça que antes da cruz
Ela já nos iluminava com a sua pureza!

Esqueça tudo que aprendeu!
Faça de conta que já esqueceu!

E quando a noite chegar com beleza
A beleza da mãe, com sua grandeza!
Olhe pro céu e veja uma estrela
Pense que você pode ir lá conhecê-la!

Se achar muito difícil,
Lembre-se que há muito tempo
Numa natureza sem preocupações
Nós vivíamos,

Que naquele tempo
Coisas puras aprendíamos
Que cuidávamos uns dos outros,
E não nos arrependíamos!

Que a humanidade
Amava por amar!
E que foi o tempo que o dinheiro
Nada podia comprar!

Então caro amigo,
Não se esqueça
Que dessa vida de
Nada temos certeza!

Descondicione-se
Para tentar enxergar
Que nunca é tarde demais,
Para pura natureza amar! 

Esqueça tudo que lhe foi imposto!
Olhe ao redor e sinta outro gosto!

Lave a sua alma...
Liberte-se com calma...
E então sinta em sua mente...
O que é ser gente!


Shirlei Marcelino

3 comentários:

  1. Esse poema renova a gente hein!

    Saudades das oficinas!

    Ana C.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Ana, tenho saudades das oficinas também!

    ResponderExcluir
  3. Que bom que estamos chegando a um tempo de poesia. Parabéns pelo seu trabalho. Estamos juntos, e logo teremos o nosso livro.

    Parabéns.
    Crijoli Fingal

    ResponderExcluir