Follow by Email

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Por que você não vai?

-- Você vai comigo na cabeleireira?
-- Pra que?
-- Oras Cláudio, pra me ajudar a escolher o corte!
-- Por quê?
-- Porque quero saber a sua opinião!
-- Não quer não!
-- Claro que quero querido!
-- Hummm.. Vou opinar agora!
-- Tudo bem vamos lá...
-- Corte bem curto!
-- Está louco? Curto? Detesto!
-- Então pinte de preto!
-- Credo Cláudio, não gosto!
-- Que tal a franja?
-- De jeito nenhum!
-- Eu não vou ao cabeleireiro com você!
-- Mas por que não querido?

2 comentários:

  1. Quem entende as mulheres, tão belas e tão complexas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha que não são só as mulheres Jeremias, o ser humano de uma fomra geral é complicado!!!!Rsrsrs Mas no caso da narrativa, com certeza! Acho engraçado o fato da maioria das mulheres pedir a opinião do companheiro para NUNCA aceitá-la!

      Excluir